Home

N.º 180, Maio-Ago. 2012 — Travessias

Por Revista Colóquio/Letras, publicado em 8.5.2012 na secção Notícias

Travessias — pelo Atlântico, entre poesia e ficção — é o tema do n.º 180 de Colóquio/Letras, que assim se associa às iniciativas do ano Portugal no Brasil/Brasil em Portugal.

Povoadas pelos “Insectos e Insectas” do pintor Fernando Lemos — nascido cá, naturalizado lá —, as páginas deste número falam-nos de: aproximações entre Hilda Hilst e Luís Miguel Nava (segundo Vera Bastazin); a interação com Camões em poetas brasileiros contemporâneos (Saulo Neiva); arte e artesano em Mário de Andrade, João Cabral de Melo Neto e Sophia de Mello Breyner Andresen (Sofia de Sousa Silva); Xerazade em obras de Nélida Piñon e de Fernanda Botelho (Isabel Pires de Lima).

Com enfoque maior no lado de lá do Atlântico: os poetas Eucanaã Ferraz e Carlito Azevedo vistos pelo olhar crítico de Iumna Maria Simon; Clarice Lispector revisitada por Ana Marques Gastão; o tema da orfandade em ficcionistas reveladas nos anos 90 — Andrea del Fuego, Tatiana Salem Levy, Cecília Gianetti, Carola Saavedra — por Flora Sussekind; Benedito Nunes recordado por Kenneth D. Jackson; cartas inéditas de Cecília Meireles, Manuel Bandeira, Murilo Mendes, Carlos Drummond de Andrade, João Cabral de Melo Neto, Augusto e Haroldo de Campos para Alberto de Lacerda, apresentadas por Luís Amorim de Sousa.


Poemas de Maria Alzira Seixo, Marco Lucchesi e Helena Carvalhão Buescu. A alegria de Mindelo na prosa de Germano Almeida. E as habituais secções de crítica com muitos, muitos comentários e recensões.


© Fundação Calouste Gulbenkian, 2006-2018