Home
«A lá, en Monte Rei, en Bal de Laça» (1) · «Agora já que o Tejo nos rodeia» (1) · «Amor, Amor, que fieres al coitado» (1) · «Contas que traz Amor com meus cuidados» (1) · «Do corpo estava já quase forçada» (1) · «Já me fundei em vãos contentamentos» (1) · «Nas cidades, nos bosques, nas florestas» (1) · «Nas ribeiras do Tejo, a uma areia» (1) · «Quem com subido intento» (1) · Albergaria, Manuel Soares de (1) · Albergaria, Manuel Soares de — «Glória tão merecida» (1) · Camões, Luís de (1) · Camões, Luís de — «A ti, Senhor, a quem as Sacras Musas» (1) · Camões, Luís de — «A Violeta mais bela que amanhece» (1) · Camões, Luís de — «Bem-aventurado aquele que ausente» (1) · Camões, Luís de — «Canção X: Vinde cá, meu tão certo secretário» (1) · Camões, Luís de — «De quanto alento e gosto me causava» (1) · Camões, Luís de — «Diana prateada, esclarecia» (1) · Camões, Luís de — «Divino, almo pastor, Rélio dourado» (1) · Camões, Luís de — «Fermosa fera humana» (Ode IV) (1) · Camões, Luís de — «No lleves Juana al rio tu ganado» (1) · Camões, Luís de — «Nunca o prazer se conhece» (1) · Camões, Luís de — «Quem com sólido intento» (1) · Camões, Luís de — «Se lágrimas choradas de verdade» (1) · Camões, Luís de — «Sete anos de pastor Jacob servia» (1) · Camões, Luís de — Rimas (1) · Camões, Luís de — Rimas Várias (1) · Portugal, D. Manuel de (1) · Portugal, D. Manuel de — «Dulces engaños de mis ojos tristes» (1) · Portugal, D. Manuel de — «Não vás ao monte, Nise, com teu gado» (1) · Portugal, D. Manuel de — «No bastaba que el amor puro y ardiente» (1) · Saraiva, José Hermano (1) · Saraiva, José Hermano — Elementos para Uma Nova Biografia de Camões (1)
[+] Abrir

© Fundação Calouste Gulbenkian, 2006-2021