Ficheiro de texto · Imprimir · Fechar
SANTOS, Gilda
"Jorge de Sena : «meu diário feito poesia que o escrever poemas me é desde sempre»" / Gilda Santos. In: Revista Colóquio/Letras. Ensaio, n.º 172, Set. 2009, p. 78-91.
Resumo: O papel fugaz e marginal do diário na vasta produção de Sena. O porquê dos seus dois diários.Os sonetos de 'As Evidências' e o testemunho diarístico. A fase diarística de Sena e os poemas nela surgidos.

© Fundação Calouste Gulbenkian, 2006