Home

N.º 208, Set.-Dez. 2021 - Mário Cláudio

Por Revista Colóquio/Letras, publicado em 13.9.2021 na secção Notícias

Mário Cláudio, o autor em destaque neste número, ganhou uma dimensão que o coloca, justamente, entre aqueles que, a partir das últimas décadas do século XX, mantêm uma temática em permanente renovação.

A relação estreita com o Norte interior que formou a sua sensibilidade — numa região onde nasceram outros grandes nomes como Teixeira de Pascoaes e Agustina Bessa-Luís — e o diálogo com figuras da cultura portuguesa e europeia, tanto erudita como popular, são constantes numa obra que questiona muitos aspetos da escrita e da própria subjetividade do ser literário.

Tais interrogações resultaram num notável livro supostamente autobiográfico e, a partir do problema da autenticidade ou não da personalidade autoral, levaram-no a encontrar em Tiago Veiga (que também colabora neste número) um alter ego cujo estatuto poderíamos associar ao que Bernardo Soares teve para Fernando Pessoa.

Questões suscitadas pela obra de Mário Cláudio encontram em Vítor Aguiar e Silva — o grande teórico da literatura e estudioso de Camões, cujo enigma biográfico é objeto de um dos romances do escritor — aproximações críticas que nos ajudam a entender o seu contexto criativo.

A leitura dos estudos aqui publicados poderá, sem dúvida, contribuir para compreender o papel de ambos na descoberta permanente daquilo que é o centro desta revista: a literatura e a cultura portuguesas no mundo de hoje.

© Fundação Calouste Gulbenkian, 2006-2021